quarta-feira, 26 de março de 2014

A surpresa



        Era uma vez, uma menina chamada Melissa. Ela tinha 14 anos, muito próxima dos seus 15. Seu maior sonho era ter uma festa nessa data tão especial, porém, não tinha boas condições econômicas.
        Faltavam, exatamente, quinze dias para seu aniversário. Melissa foi para a escola, e encontrou suas três melhores amigas: Laísa, Mônica e Julie.
- Oi, meninas. – Cumprimentou.
- Oi, Mel. Estávamos falando aqui... Quantos dias faltam mesmo para o seu aniver?
- Quinze.
- Conseguiu convencer seus pais? – Laísa perguntou.
- Não. Eles não vão me dar a festa de jeito nenhum. Minha mãe disse que eu ia ganhar um presente muito bom, mas nada de festa. – respondeu.
- Ah, não vamos ter festa para ir, então? – Catarina perguntou.
       Catarina e Samanta eram, certamente, suas inimigas. Sempre faziam de tudo para o quarteto se dar mal, simplesmente por causa de uma briga no passado, que prevalece até então.
- Se tivesse, quem disse que você iria ser convidada? – Julie alfinetou.
- Festa sem nós não é festa, querida. – Samanta retrucou.
- Ah sim, vocês fazem uma falta enorme... – Mônica ironizou.
        E começaram a discutir. Melissa saiu de fininho, sentou-se no balanço do parque, isolada. Começou a chorar. “É tão ruim ter um sonho que nunca vai se realizar...” pensou, sem esperanças. E, para completar aquele dia péssimo, suas amigas nem vieram lhe procurar. Acontece que, elas estavam ocupadas preparando algo... Que Melissa nem desconfiava.
        Então, os quinze dias passaram voando. Certa noite, Melissa estava em seu quarto, solitária, após receber todos os parabéns e não ganhar nenhum presente sequer. Nem suas amigas ligaram. Estava se sentindo muito, muito mal. Até que Julie entra correndo em seu quarto, anunciando:
- Mel, venha comigo, AGORA. Precisamos ir ao hospital, a Laísa está doente!
- O quê?! – estava chocada. Imediatamente, levantou-se e foi com a amiga.
- Ela está com uma virose terrível, por isso não foi na aula hoje. – disse.
- Nenhuma de vocês foram na aula hoje. – corrigiu Melissa.
- Ahn, é, sabe... Estávamos fazendo companhia...
- E nem me avisaram, né? – estava quase chorando.
        Julie não respondeu. O carro estacionou, e as duas saíram.
- Ei, não iríamos para o hospital?
- Venha. – puxou a amiga para dentro do salão. – Surpresa! – gritou.
         Ooops. Festa errada.
- Que diabos vocês estão fazendo aqui? – Catarina perguntou.
- Ei... Nós... Reservamos esse salão primeiro! Era para ser a festa surpresa da Mel! – Julie gritou. Estava enfurecida.
- Pois ninguém me avisou nada. Espera, sua festa é hoje também?!
- Sim! – Melissa não sabia se ria ou se chorava.
         E então, na mesma hora, chegaram Laísa e Mônica, acompanhadas de mais alguns amigos delas. E, também, o responsável pelo salão. Tiveram uma breve conversa, e resolveram que, teriam que fazer a festa juntas.
- Não! – Mel e Catarina falaram no mesmo tempo.
          Estava tudo dando errado, até que Julie começou:
- Olha, chega dessa rivalidade de vocês. Só por causa de um erro no passado é que vocês vão ser inimigas para a vida toda? Não somos mais crianças. Aprendam isso. E, as festas vão ser juntas sim, pois não ficamos preparando tudo nesse tempo todo para nada.
           Melissa pensou.
- Desculpa. – pediu. Catarina fez o mesmo.
- Então, vamos lá! – Laísa gritou, e puxou a amiga para o banheiro. – Agora, você vai ficar linda!
          Colocou um vestido lindo, fez um penteado deslumbrante e uma maquiagem que soube valorizar bem seu rosto. Ela entrou no salão, dançou a valsa, e Catarina fez o mesmo. A festa em si foi muito, muito divertida, todos aproveitaram bastante. E, no fim, Melissa aprendeu uma lição: não se deve guardar mágoas, sempre temos que perdoar. E nunca perca as esperanças nem deixe de sonhar, pois são essenciais para nosso crescimento na vida.


***Todos os textos postados no blog são feitos por mim. Sem cópias!***

Posted by: Lau

Nenhum comentário:

Postar um comentário