sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Sentimentos


Uma vez, me disseram que só era triste quem queria. Ainda não sei se essa frase está realmente certa, mas por um ponto eu concordo. Muitas vezes, temos oportunidades de mudar, de ser feliz. Só que não aproveitamos, por algum motivo incerto. Ou não. Ninguém consegue ser triste o tempo todo, não é mesmo? Esse tipo de sentimento é daqueles que fica, por um tempo, machucando. Mas depois, passa. Ou será que só nos acostumamos? Eu já acho que passa. 
Nossos sentimentos são confusos. Uma hora estamos de um jeito, depois de outro... Tem gente que consegue, de alguma forma, "ler" o sentimento dos outros. Eu consigo fazer isso. Percebo de longe quando alguma amiga/o minha está triste, feliz, animada, desanimada, ou algo assim. 
Acho que, para que os outros passem a se importar conosco, precisamos nos importar com eles. E uma forma disso, é perceber os sentimentos. Quando alguém especial para você estiver de um jeitinho triste ou algo assim, converse. Com certeza, essa pessoa vai retribuir. E é muito bom quando se importam conosco, não é? E quando notam o que estamos sentindo é melhor ainda, pois mostra que querem nos ajudar, e essa solidariedade é uma das melhores que tem: quando nos dão conselhos. Eu amo ouvir os outros e dar conselhos, mas gosto quando me retribuem também.
Enfim, é complicado falar sobre sentimentos, pois são muito variáveis e complexos, mas essa é minha conclusão: com certeza, o melhor sentimento de todos é a felicidade. Ou o amor, talvez. Todos nós já sentimos algum desses dois, obviamente. E a sensação é muito boa, só que, o melhor ainda, é ver as pessoas que gostamos sentir o mesmo: a felicidade que encontramos nelas. 

***Todos os textos postados nesse blog são feitos por mim. Sem cópias por favor! ***

Posted By: Lau

Nenhum comentário:

Postar um comentário